Peça sua música (55) 9 9605-4219

NO AR

Iwa Schen

Com André Klein

Cultura

Bancada da Bombacha buscará verbas para a cultura gaúcha

Publicada em 09/08/19 as 16:48h por Giovani Grizotti/G1-RS / Sucesso FM


Compartilhe
   

Link da Notícia:

 (Foto: Iglu Comunicação)
Lançamento de frente parlamentar aconteceu em Brasília, com a presença de artistas, vice-presidente da República e ministros.


O primeiro passo da recém criada "Bancada da bombacha" no Congresso Nacional será buscar recursos para a cultura gaúcha, nos diversos estados onde está presente. Para isso, o coordenador da bancada, deputado Santini (PTB), pediu à Confederação Brasileira da Tradição Gaúcha (CBTG) para que indique representantes afim de iniciar o diálogo e saber das demandas.

"Queremos estimular para que cada estado tenha o seu coordenador regional. Daí vamos reunir todos eles para traçar uma estratégia e decidir como iremos abordar os demais parlamentares que fazem parte da Câmara dos Deputados, solicitando a eles que apresentem emendas para estimular os CTGs", diz Santini.

O lançamento da frente aconteceu na quarta-feira no CTG Jayme Caetano Braun, em Brasília, com a presença dos ministros Sérgio Moro (Justiça), Osmar Terra (Cidadania), Ernesto Araujo (Relações Exteriores), e Luiz Eduardo Ramos (Secretaria de Governo). Compareceram, ainda, o governador Eduardo Leite, seu vice Ranolfo Vieira Jr, vice-presidente Hamilton Mourão e os presidentes da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia e da Assembleia Legislativa, Luiz Augusto Lara (PTB).

A noite de gala para o gauchismo teve vários momentos importantes. A participação do DTG Tropeiros do Ouro Negro impressionou. Com os olhos vendados e acompanhados da gaiteira Natália Guastuci, os dançarinos apresentaram a "dança da inclusão". Já o Capitão Faustino, diante de um corredor de prendas e peões, cantou a versão gaúcha para "Trem Bala", de Ana Vilella.

"Essa cultura se espalhou pelo Brasil e pelo mundo. Poderemos andar pelos mais distantes lugares deste país, e lá teremos um CTG a transmitir o que nós somos e a alma gaúcha. E toda a vez que lembramos dessa alma, não podemos esquecer a figura de Paixão Côrtes, o homem que trouxe de volta as nossas tradições e que está eternizado na entrada da nossa capital", disse, sob aplausos, o general Mourão, em discurso.

As apresentações terminaram com o "Hino Riograndense", cantando pelos artistas gaúchos que foram ao CTG, bancando as próprias despesas e sem cachê. Um momento histórico para quem defende as nossas tradições.





ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








.

LIGUE E PARTICIPE

55 3538 1799

Copyright (c) 2020 - FM SUCESSO - Sucesso FM 88.3 - Sempre com você!